Temporada 2018, episódio 3

Março veio de mansinho. Um mês em que a calma, a paz e a serenidade se tornaram cada vez mais presentes. Meditei.

Mês em que coloquei em prática um sonho de infância: o ballet. E mais em prática ainda coloquei o fato de que nunca é tarde para realizar sonhos, jamais. Tenho o maior exemplo em casa: meus pais fizeram faculdade depois dos 50 anos.

Percebi que sempre esperamos demais para realizar coisas na nossa vida. E esperar cansa. Falei no instagram sobre isso. Chega de esperar. Apenas vá, apenas faça, apenas comece.

2018-03-09 09.59.53 1.jpg

Em 15 de março meus pais completaram 38 anos de casados. Diante disso, como eu não acreditaria em amor? Nenhum relacionamento é perfeito e o deles está longe disso. Mas aprendi que mesmo diante de tantas coisas, a vida a dois é um aprendizado diário. E é renuncia também. Sobre o que aprendi com eles sobre relação a dois será assunto para outro momento.

Falando nisso, esse ano completam 9 anos que eu conheço Erick e que me apaixono cada vez mais. Na faculdade, se dissessem que hoje a gente estaria onde estamos, eu jamais acreditaria! E ah, “do nosso amor, a gente é quem sabe, pequeno…” (Los Hermanos, amamos!).

IMG_20180214_204223047.jpg

No final do mês, um amigo voltou para casa. Saudade é uma palavra constante no meu vocabulário e faz morada aqui no coração. Nenhuma despedida é fácil, mas o que nos conforta é a vontade que temos de reencontrá-lo.

2018-03-25 10.11.49 1.jpg

Março terminou com uma viagem linda. Cheia de luz, encontros, descobertas. Em comemoração aos dois anos de casamento (foi em fevereiro), fomos pra Salvador. Lá fizemos verdadeiramente um tour pela cidade, as fotos estão lindas! E um tour gastronômico jamais poderia faltar!!!!! (muitas exclamações, porque pense numa comida BOA).

DSCN7461.JPG

IMG_20180401_125853554.jpg
Comemos acarajé quase todos os dias!

 

Foi uma viagem que amenizou a saudade de Thais, minha irmã, meu porto seguro, meu coração, metade de mim, minha força e fraqueza; e que me fez ficar cada vez mais apaixonada por ela, pela família e por Miguel, meu sobrinho-afilhado-nenê. Descobrimos que apesar do tempo/espaço nada muda e que palavras jamais serão o suficiente.

2018-03-30 08.51.46 1.jpg

Salvador nos fez sair da rotina, reacender vontades antes guardadas, recarregar as baterias, estreitar laços. Viajar é preciso. É preciso viajar.

IMG_20180331_115455279.jpg

Março se foi e com ele tantas certezas vieram. Foi um mês calmo, mas que nos virou de ponta cabeça. Mês de grandes ensinamentos e a sensação de dever cumprido é constante.

Lembra que eu falei que quando a gente decidi aproveitar cada momento o ano parece que corre? Já iniciamos o quarto mês do ano…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s